Investimentos

Fundos de investimentos

Para investir com inteligência e performance

Os Fundos são uma excelente estratégia para elevar o desempenho das suas aplicações. Para isso, reúnem investidores (cotistas) que aplicam conjuntamente em ativos e mercados diversificados. Os recursos aplicados em um Fundo de Investimentos são convertidos em cotas para cada investidor, que passa a ser proprietário de parte dos ativos desta carteira.

Cashback de fundos

Quando você investe nos fundos que têm o selo de cashback, a gente divide com você a receita de distribuição. É isso mesmo, você recebe o dinheiro de volta, direto na sua Conta Digital. Acesse o App, escolha os fundos com o selo e aproveite esse benefício exclusivo da PAI Investimentos!

Gestão Especializada

Cada Fundo de Investimentos é administrado por um Gestor, que seleciona e aloca os papeis. O Gestor é o profissional responsável por acompanhar o mercado, sempre alinhado aos objetivos e à política de investimento presentes no regulamento.

É ideal para

  • Fundos para diversos perfis
  • Diversificar seus Investimentos
  • Investir a partir de R$100,00

Vantagens

  • Segurança: gestão profissional e regulamentação
  • Acesso a uma carteira diversificada com um mesmo recurso
  • Não é necessário ter altos valores para começar a investir
  • Liquidez: resgate rápido, sem restrições específicas de um ativo/mercado
Menor riscoMaior risco

Data Base: 31/10/2019

Quais os custos envolvidos em um fundo de investimentos?

Taxa de administração, taxa de performance e taxa de entrada e saída
Variam para cada produto e são cobradas em relação ao patrimônio do fundo para pagamento aos prestadores de serviços necessários para sua operacionalização. Consulte o regulamento do fundo para mais detalhes.
Tributação
Varia por classificação e período de aplicação do Fundo (por determinação da Secretaria de Receita Federal). A classificação do fundo se refere à composição de sua carteira por prazo médio dos ativos ou alocação. O Imposto de Renda incide diretamente na fonte.
Fundos de Curto Prazo
Até 180 dias: 22,5% Acima de 180 dias: 20%
Fundos de Longo Prazo
Até 180 dias: 22,5% De 181 dias a 360 dias: 20% De 361 dias a 720 dias: 17,5% Acima de 720 dias: 15%
"Come Cotas"
É o imposto recolhido conforme menor alíquota incidente, no último dia útil de Maio e de Novembro. Incide nos Fundos de Curto e Longo Prazos. O valor do IR sobre o rendimento é calculado em cotas, diminuindo essa quantidade do total de cotas de cada cliente.
IOF
Incide sobre os rendimentos de Fundos, quando resgatados menos de 30 dias após a aplicação. Varia de 96% a 0%, dependendo dos dias decorridos desde a data inicial.

Importante
Alguns fundos, devidamente indicados nas informações de perfil, utilizam estratégias com derivativos como parte integrante de suas políticas de investimento e da forma como são adotadas podem resultar em significativas perdas patrimoniais para seus cotistas. Alguns fundos, devidamente indicados nas informações de perfil, estão autorizados a realizar aplicações em ativos financeiros no exterior. Alguns fundos, devidamente indicados nas informações de perfil, aplicam em fundos de investimento que utilizam estratégias que podem resultar em significativas perdas patrimoniais para seus cotistas, podendo inclusive acarretar perdas superiores ao capital aplicado e a consequente obrigação do cotista de aportar recursos adicionais para cobrir o prejuízo do fundo. Estes fundos estão sujeitos a riscos de perdas substanciais de seu patrimônio líquido em caso de eventos que acarretem o não pagamento dos ativos integrantes de sua carteira, inclusive por força de intervenção, liquidação, regime de administração temporária, falência, recuperação judicial ou extrajudicial dos emissores responsáveis pelos ativos do fundo. Não há garantia de que alguns fundos, devidamente indicados nas informações de perfil, terão tratamento tributário para fundos de longo prazo. Os fundos de ações e multimercados com renda variável podem estar expostos à significativa concentração em ativos de poucos emissores, com os riscos decorrentes dessa concentração. Os fundos de crédito privado estão sujeitos a risco de perda substancial de seu patrimônio líquido em caso de eventos que acarretem o não pagamento dos ativos integrantes de sua carteira, inclusive por força de intervenção, liquidação, regime de administração temporária, falência, recuperação judicial ou extrajudicial dos emissores responsáveis pelos ativos do fundo. Em atendimento à Instrução CVM nº 465, desde 02.05.2008, os fundos de renda variável deixaram de apurar sua rentabilidade com base na cotação média das ações e passaram a fazê-lo com base na cotação de fechamento. Dessa forma, comparações de rentabilidade devem utilizar, para períodos anteriores a 02.05.2008, a cotação média dos índices de ações e, para períodos posteriores a esta data, a cotação de fechamento. Para avaliação da performance de um fundo de investimentos é recomendável a análise de, no mínimo, 12 (doze) meses. Alguns fundos, devidamente indicados, têm menos de 12 (doze) meses. Fundos de Investimento não contam com garantia do administrador do fundo, do gestor da carteira, de qualquer mecanismo de seguro ou, ainda, do fundo garantidor de créditos - FGC. A rentabilidade obtida no passado não representa garantia de rentabilidade futura. É recomendada a leitura cuidadosa do Prospecto, quando disponível, e Regulamento do Fundo de Investimento pelo investidor ao aplicar seus recursos.